Buscar
  • NeoWater

Saiba como implementar um projeto de sustentabilidade na sua empresa

Projetos de sustentabilidade podem estar diretamente ligados a melhorias operacionais e maior lucro. Confira algumas ideias para implementar em seu negócio, seja ele de pequeno, médio ou grande porte


Em fundo verde, dois quebra-cabeça complementares que mostram prédios corporativos e uma árvore, para simbolizar projetos de sustentabilidade para empresas

Projetos sustentáveis trazem muitas oportunidades para as empresas, de maior segurança operacional a economia e inovação.


Não é sobre salvar o meio ambiente. Embora isso seja, de fato, muito nobre, o principal motivo pelo qual as empresas apostam em sustentabilidade não é se tornar super-heroínas.


A preservação de recursos naturais é simplesmente do interesse de todos, incluindo as corporações. Eles são essenciais para a continuidade, desenvolvimento e evolução dos negócios.


Conheça alguns tipos de projetos de sustentabilidade e saiba como implementá-los em sua empresa, seja ela de pequeno, médio ou grande porte:


Projetos de sustentabilidade para empresas


Uma boa razão para apostar em projetos de sustentabilidade é que eles podem estar diretamente ligados a melhorias operacionais e a maior lucro, seja através de aumento da produtividade, da diminuição de custos ou até mesmo do reconhecimento e valorização de seus esforços pelo consumidor e por seus colaboradores.


Por exemplo, ao evitar desperdícios ou se tornar autossuficiente em água e energia, você pode reduzir custos de produção e/ou economizar nas contas da empresa.


Importar-se com o meio ambiente e garantir sua preservação também gera uma Imagem positiva e aumenta a credibilidade e a confiança de seu negócio junto a clientes e até a investidores (para saber sobre isso, confira nossos artigos sobre a vantagem competitiva da sustentabilidade e sobre seu poder no mundo das finanças).


Selecionamos abaixo algumas ideias de projetos sustentáveis divididos em 5 grandes categorias: água; esgoto e resíduos; educação; energia; metas organizacionais.


1 - Sistemas de tratamento e reuso da água


Todo negócio precisa de água. Em projetos de sustentabilidade focados neste recurso natural, é interessante combater dois inimigos principais (da sua empresa e do meio ambiente): má qualidade e desperdício.


Passamos por diversas crises hídricas nos últimos anos. A maioria dos negócios já percebeu que a água potável é um bem cada vez mais caro e escasso. Sendo assim, os projetos mais eficazes são aqueles que não só garantem um abastecimento, mas de boa qualidade.


Uma opção é ter um sistema próprio de tratamento de água e efluentes, com reaproveitamento para fins não potáveis.


O tratamento de água serve para controlar a qualidade, especialmente da água utilizada em processos industriais. Ao eleger um método adequado, seguir as normas técnicas e cumprir legislações ambientais e sanitárias, é possível aumentar a produtividade e a segurança operacional do seu negócio.


Por exemplo, existem tratamentos específicos para a indústria alimentícia, para a farmacêutica, para quem utiliza caldeiras e torres de resfriamento e assim por diante.


O reuso de água pode ser feito através de tecnologias diferentes, como a captação de água da chuva ou uma estação de tratamento de efluentes (ETE), por exemplo, e pode ser um diferencial importante em épocas de racionamento.


A água de reuso pode ser usada para limpeza de galpões, pátios e maquinários, irrigação de plantas e paisagismo, sistemas de resfriamento e muito mais.


A ETE tem a vantagem adicional de diminuir o esgoto e evitar a poluição do meio ambiente. Já a coleta de água pluvial pode ajudar a reduzir o escoamento superficial e, assim, as chances de inundações e enchentes.


2 – Descarte correto e reciclagem de resíduos


Se você possui uma empresa, precisa seguir a Política Nacional dos Resíduos Sólidos. Essa legislação prevê, entre outras coisas, a redução na geração de resíduos e a separação de materiais que possam ser reciclados.


Além da reciclagem, outro ponto de extrema importância ao meio ambiente é o descarte correto dos rejeitos - aqueles resíduos que não podem ser reutilizados.


Muitos efluentes industriais, por exemplo, oferecem risco de contaminação. Nesses casos, o ideal é tratá-los antes de lançá-los na rede de esgoto, ou dar outra destinação adequada a eles.


Existem opções para tratar o esgoto on e off site. No caso da ETE on site, pode haver uma oportunidade de reutilização, mas o acompanhamento de um responsável técnico é necessário.


Alguns rejeitos permitem a reciclagem de formas inventivas, como o asfalto ecológico feito a partir de pneus descartados, uma solução interessante para a indústria de transportes.


Enquanto o cumprimento à lei é uma obrigação ética das empresas, a execução de projetos de reciclagem pode ser útil de formas diferentes para seu negócio, bem como recompensá-lo através de uma boa reputação no mercado.


3 - Projetos educacionais e de compensação ambiental


Uma das maneiras mais simples de implementar um projeto sustentável é através de projetos educacionais ou da compensação ambiental.


Por exemplo, você pode criar campanhas para conscientizar seus colaboradores sobre o uso de água e energia, incentivar a diminuição do uso de plástico e até oferecer folgas pagas para que eles se engajem em trabalhos voluntários sociais e ambientais.


É possível ainda criar um portal de transparência sobre como a empresa funciona e quais medidas toma para preservar o meio ambiente, criando materiais educativos para o público.


Nada impede que sua empresa tenha também um projeto voluntário próprio, em parceria com outras organizações ou empresas.


Projetos de compensação ambiental, por sua vez, são ações capazes de neutralizar parcial ou totalmente o impacto que sua empresa causa ao meio ambiente.


Existem várias formas de se fazer isso, mas a mais comum é provavelmente doação de recursos para ONGs ou iniciativas que preservam o meio ambiente. Reflorestamento e compra de créditos de carbonos são outras opções.


Um exemplo interessante de programa de compensação é o selo governamental “eureciclo”. Você pode pagar para cooperativas reciclarem uma quantidade de material equivalente ao das embalagens que produz e insere no mercado, recebendo em troca o certificado.


Vale notar que projetos deste tipo não necessariamente envolvem doações em dinheiro; sua empresa pode também fazer concessões em forma de produtos ou serviços.



4 – Economia e energia renovável


O consumo elevado de energia e suas consequências no meio ambiente (e no bolso) é uma das preocupações mais comuns das empresas.


Os melhores projetos de sustentabilidade voltados à energia utilizam tecnologia e inovação a favor da produtividade e da economia.


Uma opção interessante é utilizar energia renovável através da instalação de placas solares fotovoltaicas, tornando-se autossuficiente e sustentável em energia.


Uma alternativa é usar o monitoramento via IoT para controlar equipamentos e processos de sua empresa, gerando relatórios semanais e mensais sobre o uso de energia. Esses dados podem ajudá-lo a evitar desperdícios, tomar decisões importantes e até evitar falhas e quedas na produtividade.


O mesmo pode ser feito com água, aliás: o monitoramento da captação, tratamento e distribuição pode evitar desperdícios e falhas - saiba mais sobre este assunto conferindo nosso artigo sobre telemetria via IoT.


5 - Eleger a sustentabilidade como métrica de avaliação


Implementar um projeto de sustentabilidade não significa que sua empresa seja, de fato, sustentável. Para esse ser um valor do seu negócio, é necessário inserir o conceito na rotina da empresa. Uma das maneiras de se fazer isso é adotando a sustentabilidade como métrica de avaliação.


Isso funciona tanto a nível individual quanto coletivo. Atitudes sustentáveis podem fazer parte das avaliações de desenvolvimento individual dos colaboradores, de certos departamentos da empresa e até do negócio como um todo.


Para facilitar este tipo de ação, você pode estimular seus gerentes a apresentarem projetos sustentáveis, oferecer capacitações nessa área para seus colaboradores e criar recompensas como bônus ou outros incentivos atrelados ao cumprimento de metas sustentáveis.


O objetivo é impulsionar decisões com base em uma cultura organizacional sustentável, o que vai desde a eliminação do copo plástico até uma redução drástica do impacto ambiental dos processos produtivos.



Empresas brasileiras que são modelos de sustentabilidade ambiental


Algumas empresas brasileiras aparecem com frequência em rankings mundiais de sustentabilidade, como a Natura, famosa pelo uso consciente de recursos naturais amazônicos e pela diminuição do impacto ambiental de suas embalagens, e o Banco do Brasil, cujas agências são em boa parte abastecidas por energia solar.


Além destas duas, a Cemig foi outra brasileira figurou entre as 100 maiores empresas sustentáveis eleitas pela Corporate Knights, companhia especializada em desenvolvimento sustentável do Canadá, em janeiro de 2020.


Outra companhia nacional frequentemente lembrada é a Ambev, conhecida por ações relevantes para a redução do consumo de água e energia em suas linhas de produção.


De forma semelhante, as Lojas Renner também investiram em gestão sustentável da água, reduzindo o consumo deste recurso em até 55% em suas fabricações. Outra ação relevante foi o lançamento de uma coleção feita a partir de fios reutilizados.


Por fim, vale mencionar a Nestlé. Embora seja suíça, a gigante do setor de alimentos e bebidas investe em diversos projetos sustentáveis em suas plantas brasileiras.


Apenas em 2015, por exemplo, 72 projetos de modernização tecnológica, mudança de processos e melhorias no uso de energia foram realizados nas fábricas da Nestlé Brasil. Como resultado, a empresa já atingiu a marca de zero resíduo em cinco fábricas: Araçatuba, Araraquara, Carazinho, Jataí e São Lourenço.


Como empresas de pequeno e médio porte podem implementar projetos sustentáveis?


Grandes empresas têm, é claro, mais recursos e oportunidades para desenvolver projetos sustentáveis. Isso não significa que empresas de médio ou pequeno porte não consigam implementar ações com efeito significativo.


Além de projetos educacionais e da cooperação com ONGs para compensação ambiental, é possível apostar em soluções variadas para diminuição do consumo de água e energia com investimento zero.


Por exemplo, empresas com consumo razoavelmente alto de água (acima de 700m³ por mês), como escritórios corporativos, shoppings, hospitais, faculdades, data centers e lavanderias, são boas candidatas para terem sistemas próprios de abastecimento de água sem custo, uma modalidade de negócios conhecida como BOT.


Uma dessas opções é o sistema WAAS, implantado pela empresa de saneamento NeoWater, e totalmente personalizado para a demanda de seu empreendimento.


De forma geral, a NeoWater implementa, opera e mantém diferentes soluções, desde estações de tratamento de água e efluentes para reuso até monitoramento 24 horas via IoT, a fim de que você economize água, diminua o desperdício e aumente a produtividade – além do ganho em sustentabilidade, é claro.


Tudo isso é feito com capital próprio, ou seja, não exige nenhum investimento por parte do cliente com a instalação, operação ou mesmo manutenção do sistema. A modalidade funciona sob contrato, e você paga somente pelo serviço customizado prestado à sua empresa.


Quer saber mais sobre o WAAS? ENTRE EM CONTATO CONOSCO! Será um prazer ajudá-lo a ter água na qualidade desejada com economia e mais sustentabilidade.

FALE CONOSCO

Deixe sua mensagem abaixo

Obrigado pelo envio! Logo mais alguém te liga.