Buscar
  • NeoWater

Como ter um tratamento de água eficiente em sua indústria

Antes de ser utilizada pelas empresas, a água precisa ser tratada para se tornar segura e atingir uma qualidade determinada. Saiba como ter um tratamento personalizado e eficiente para sua indústria


Tratamento de água industrial: saiba como ter um sistema eficiente

Para ser utilizada pelas indústrias, a água necessita de um tratamento especial. Isso garante que seja segura e tenha a qualidade certa para os diferentes tipos de uso ou processos de fabricação.


Por exemplo, a água pode ser usada tanto para fazer a limpeza de equipamentos e peças quanto de pátios, galpões e estacionamentos.


Também pode ser usada em diferentes processos produtivos ou operações industriais, como em torres de resfriamento.


É comum ainda que seja utilizada para produção de alimentos – um litro de leite usa um litro de água para ser produzido, por exemplo – e para abastecimento humano de forma geral, desde consumo direto até abastecimento de pias, chuveiros etc.


É aí que entra o sistema de tratamento de água industrial: para garantir que a água esteja em conformidade com os padrões de potabilidade e/ou que seja adequada para a finalidade a que será destinada.


Além disso, estações de tratamento industriais garantem que a legislação seja cumprida, evitando contaminações e potenciais danos tanto à saúde humana quanto ao meio ambiente.


Um bom sistema de tratamento pode ainda oferecer maior eficiência hídrica, autonomia e economia significativa na conta de água das indústrias.


Saiba quais são alguns dos mais tratamentos de água mais comuns e veja como ter uma estação de tratamento eficiente em sua indústria:


Como funciona o tratamento de águas industriais?


Em primeiro lugar, é importante mencionar que é possível não só tratar a água para uso industrial, caso que estamos discutindo aqui, mas também tratar os efluentes industriais (esgoto) para serem corretamente descartados ou reutilizados.


Existem diversos tipos de tratamento de água, sejam eles físicos, químicos ou biológicos.


A escolha do tratamento mais adequado para sua empresa precisa ser feita de acordo com as características da água bruta a ser tratada, da vazão de água a ser tratada e dos requisitos de qualidade exigidos para cada finalidade.


Alguns dos procedimentos ou etapas de tratamento mais comuns são:

  • Filtração e/ou decantação, para remover partículas indesejadas;

  • Tratamento aeróbio biológico para eliminar matéria orgânica indesejada, como em lagoas de aeração;

  • Abrandamento, processo que diminui a dureza da água ao remover íons de cálcio e magnésio;

  • Ultrafiltração, para obtenção de água pura;

  • Osmose reversa, processo similar à ultrafiltração indicado para alcançar maior pureza e evitar incrustações e entupimentos em tubulações e maquinários industriais;

  • Desinfecção por cloro, ozônio ou raios UV, a fim de impedir a proliferação de bactérias, vírus e outros microrganismos potencialmente perigosos na água;

  • E muitos outros.


Como montar uma estação de tratamento de água industrial?


Para ter uma estação de tratamento de água (ETA) adequada para sua indústria, é preciso que ela seja projetada por um time de especialistas, como engenheiros e químicos.


Conforme mencionamos acima, a ETA deve ser dimensionada a partir de características específicas, como o volume de água, a qualidade da água bruta e a qualidade desejada da água tratada.


O primeiro passo é realizar uma análise físico-química da água bruta a fim de definir quais são as melhores soluções ou tecnologias a serem usadas. Somente essa análise pode afirmar, com segurança, o que é preciso tratar na água e como.


De acordo com a lei, essa análise precisa ser feita regularmente, uma vez que essas características podem mudar ao longo do tempo.


No geral, se o objetivo for exclusivamente abastecimento humano, é preciso construir uma ETA para tratar a água a fim de atender aos padrões de potabilidade definidos pela Portaria GM/MS nº 888, de 4 de maio de 2021, do Ministério da Saúde.


Como vimos, no entanto, as indústrias possuem também outras necessidades, de forma que a qualidade desejada da água pode incluir outras exigências.


É o caso das indústrias farmacêutica e alimentícia, por exemplo, para as quais a água deve seguir parâmetros próprios e legislações especificas.


Com todas as informações relevantes em mão, uma equipe profissional pode projetar uma ETA exclusiva para atender a sua empresa ou indústria.



WAAS: o melhor e mais eficiente tratamento de água para sua indústria


Para muitas indústrias, ter tratamento de água não é uma escolha, e sim uma necessidade.


Porém, a implantação, operação e manutenção de uma ETA não são nada simples.


Uma maneira de facilitar a gestão de água na sua empresa é utilizando o modelo de negócios chamado WAAS (“Water as a Service”), no qual uma concessionária particular projeta e opera as melhores soluções para suas necessidades mediante um contrato, sem que você precise fazer qualquer investimento.


Entre os principais benefícios desse modelo, estão:


  • Ausência de risco, uma vez que o pagamento só ocorre depois que o sistema for implantado e estiver funcionando adequadamente, na qualidade desejada;

  • CAPEX zero e OPEX negativo, uma vez que não é preciso investir nada na implantação, operação ou manutenção das soluções;

  • Inovação, uma vez que esse modelo de negócios oferece soluções e infraestruturas inovadoras, superiores às disponíveis através das concessionárias públicas;

  • Gestão inteligente com sensoriamento, automação, tecnologia IoT e monitoramento do abastecimento de água 24 horas por dia, de forma que você pode focar seus esforços no seu core business com mais tranquilidade;

  • Economia imediata e significativa na conta de água.

Quer saber mais sobre o WAAS? Entre em contato conosco! Nossa equipe pode te ajudar a ter água tratada com mais eficiência e economia na sua empresa!

FALE CONOSCO

Deixe sua mensagem abaixo

Obrigado pelo envio! Logo mais alguém te liga.