case serasa.jpg

Centro de Processamento de Dados SERASA EXPERIAN

Confira o case completo do projeto customizado que a NeoWater desenvolveu para o prédio corporativo e data center do Serasa em São Carlos-SP.

Tecnologias

Economia e sustentabilidade

Cerca de 1.600 colaboradores passam mensalmente pelos 24.000m² do site de processamento de dados do Serasa, em São Carlos (SP). Além da circulação de colaboradores, o data center conta com um sistema de refrigeração e uma área de jardinagem irrigada.

 

Anteriormente, o local era atendido pela concessionária municipal SAAE São Carlos, cuja taxa de desperdício da água tratada era de cerca de 43,5%, de acordo com o SNIS (Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento).

O principal desafio do cliente era economizar e tornar a empresa mais sustentável, em atendimento à certificação LEED Silver do empreendimento. Para isso, optou por ter um sistema próprio de abastecimento através do modelo WAAS (“Water as a Service”), customizado para suas necessidades.

No escopo do projeto da NeoWater, estavam inclusas, entre outras coisas a obtenção de licenças ambientais e outorgas de captação subterrânea; a construção de um poço artesiano profundo de alto desempenho; a construção, operação e manutenção de uma estação de tratamento de água compacta para água potável; a escavação e construção de uma rede adutora de água da ETA aos quatro reservatórios e a instalação de um sistema inovador de monitoramento via IoT alimentado por energia solar renovável, com comunicação sem fio 4G, que possibilita o controle remoto do abastecimento e gera relatórios 24 horas por dia.

Em uma segunda etapa ainda não concluída, a NeoWater irá construir um sistema hidráulico de saneamento e monitoramento para medição e controle dos efluentes gerados pelo Serasa.

Até agora, o projeto já gerou uma economia de 57,5% na conta de água do Serasa, com previsão de economia de 65% após a implantação da segunda etapa.

Depoimento do Cliente

"Desde o início das negociações, a NeoWater demostrou ser a empresa com a maior expertise no assunto. O próprio CEO da empresa foi até o Serasa mais de uma vez e se comprometeu a fazer tudo o que fosse possível para fecharmos o projeto, em termos de viabilidade e modalidade oferecida, e nos deixou totalmente à vontade para escolhermos a melhor maneira de fazer o projeto. Fez todo um estudo de viabilidade com base em nosso consumo, constatando que seria totalmente válido realizar a obra, o que facilitou bastante a aprovação com a diretoria. Só tenho a agradecer pela transparência e honestidade mostrada por todos os envolvidos no projeto que acaba de ser finalizado”.

Marcelo Grizolla - Diretor de Facilities do Serasa Experian